Orçada em R$ 5,6 milhões, Orla da Alameda Júlio Muller promete teatro e mirante

Lucione Nazareth/ VG Notícias

Reprodução/Google Maps

 

Após inúmeras promessas, finalmente deve sair do papel a construção da Orla do Rio Cuiabá, na Alameda Júlio Muller, em Várzea Grande. O projeto já foi finalizado e agora se encontra em processo de licitação.

A expectativa é que a orla será construída com uma extensão de aproximadamente 700 metros, entre a avenida da FEB e avenida Alameda Júlio Muller, com espaço reservado para fixação de brinquedos infantis, espaços de ginástica para idosos, mirantes, centro cultural, quiosques, passeios pavimentados em concreto e paisagismo. Está previsto um calçadão com rolamento sob a ponte Júlio Muller.

O projeto propõe a eliminação de uma das faixas da Alameda Julio Müller, com o intuito de fazer um grande retorno pela Travessa da Independência e rua Lúcio Frutuoso, eliminando o cruzamento da Alameda com a ponte. “Esta modificação permite a criação de um amplo calçadão, com espaço adequado para desenvolver as atividades propostas, a construção de quiosques, espaços sombreados para contemplação e descanso, equipamentos de exercício para jovens e idosos e brinquedos para as crianças”, diz trecho extraído do projeto.

O destaque é o Centro Cultural que terá três níveis sendo o primeiro, junto ao rio, “remetendo à sensação de praia”; o segundo “um mirante que se conecta à via de pedestres existente que margem do rio, podendo funcionar como um balcão para os eventos no terceiro nível.

No terceiro nível do Centro Cultural, que será no nível da rua, está previsto a instalação de um salão multiuso, um teatro com cerca de 120 lugares e sanitários. “Há ainda um café com desenho flexível para funcionar de maneira independente dos outros espaços, com acesso e abertura para a rua, e este espaço pode ser arrendado para funcionar diariamente, mesmo quando não houver programação para o teatro”. 

Toda a obra está orçada em R$ 5.664.035,78 milhões com previsão de construção em 360 dias, ou seja, aproximadamente 1 ano a partir da assinatura da ordem de serviço.


Fonte: VG Notícias

Visite o website: wwww.vgnoticias.com.br