Governo assina contrato de concessão da MT-320

Lucione Nazareth & Edina Araújo / VG Notícias

VG Notícias

 

O governador do Estado, Mauro Mendes (DEM), assinou na manhã desta sexta-feira (12.04) contrato da concessão da MT-320 com a empresa Via Brasil. O evento foi realizado no Palácio Paiaguás.

O consórcio adquiriu por R$ 6,621 milhões o direito de administrar por 30 anos a rodovia em leilão realizado na Bolsa de Valores de São Paulo e assinou o contrato com o governo na manhã de hoje.

O secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, declarou que Governo pretende continuar com o programa de concessões de rodovias para que elas ficam mais trafegáveis e ainda haja manutenção destas estradas.

“É inadmissível o estado que não tem infraestrutura suficiente para tomar conta de 18 mil quilômetros de rodovia estaduais. Nós temos que fazer a restauração destas rodovias imediatamente. Publicamos edital de concessão de manutenção para que possamos ter rodovias consertadas, bem sinalizadas e em condição de ótima trafegabilidade e principalmente dando oportunidade ao Estado de investir o dinheiro que seria gasto com a manutenção e projetos de pavimentação de rodovias por meio de parcerias com consórcios, Prefeituras. Isso também promoverá oportunidade do Estado de realizar novos investimentos”, disse o gestor.

O governador Mauro Mendes destacou que o Estado não consegue atender todas as demandas e que o caminho encontrado para melhor prestação de serviço à população é a concessão.

“Nós cada vez mais precisamos trabalhar em prol de todos. Muitas vezes pagamos impostos em não temos o serviço de qualidade. Então precisamos pagar e ter e isso queremos fazer no nosso Governo com as linhas de concessão”, disse o gestor ao defender a concessão.

O democrata declarou que o Estado não permite mais que velhos problemas sejam tratados com os mesmos erros de antigos gestores e que são necessárias medidas criativas, como as concessões, para resolvê-los.

“Não podemos tratar os velhos problemas da mesma forma. Se fizermos isso estaremos nos condenando e cometendo os mesmos erros do passado. Temos que ser criativo para melhor investirmos o dinheiro público e atender toda a demanda da sociedade mato-grossense. Temos que ter estratégia para devolver o cidadão um pouco daquele dinheiro pago por ele em impostos e isso estamos tentando fazer”, afirmou Mauro.

Na coletiva, Mendes requereu do consórcio Via Brasil investimento na recuperação de trecho da MT-100, entre Alto Araguaia e Alto Taquari, que desde agosto de 2018 é administrada pela concessionária. Segundo prefeitos, a rodovia precisa urgentemente de obras de recuperação devido alguns pontos estarem intransitáveis.

O diretor-presidente da Via Brasil, César Meneses, afirmou que ao longo dos 30 anos a concessionária irá investir mais de R$ 1 bilhão na rodovia na recuperação e outros investimentos. “Ao longo dos 30 anos teremos investimento no valor de R$ 1 bilhão para fazer a recuperação da estrada e colocá-la em condições de trafegabilidade e segurança. Existe outras previsões com a implantação de uma terceira via, alguns contornos nos municípios, a implantação de pontos de ônibus. Serão R$ 500 milhões de investimento e R$ 500 milhões de manutenção”, declarou, pontuando que Alta Floresta, Carlinda, Nova Canaã do Norte, Colíder, Nova Santa Helena serão beneficiadas com as ações.

Meneses ainda declarou que a concessionária deve iniciar no máximo em 45 dias o processo de administração da MT-320, e que no prazo máximo de 12 meses deverão ser instalados pedágio na rodovia.


Fonte: VG Notícias

Visite o website: wwww.vgnoticias.com.br