INSS vai suspender pagamento de 1 milhão de aposentadorias e pensões

Redação VG Notícias

 

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informou nessa quinta-feira (14.03) que irá suspender em torno de 1 milhão de aposentadorias e pensões de segurados que estão há mais de 12 meses sem realizar a prova de vida.

De acordo com o INSS, o bloqueio será realizado ainda neste mês de março e os beneficiários que não comprovarem que estão “vivos” deixarão de sacar o benefício previsto para serem pagos no final deste mês e o começo de abril.

Apesar do bloqueio, os beneficiários poderão realizar a prova de vida a partir do dia previsto para a liberação do benefício em qualquer agência do INSS em que o pagamento é realizado. Após seis meses sem comprovação de vida, o benefício é definitivamente cessado.

Para fazer a atualização cadastral, o beneficiário precisa ir até a sua agência bancária levando um documento com foto. Alguns bancos realizam o procedimento por meio da biometria. Nestes casos, não há necessidade de apresentar identificação oficial.

No caso de impossibilidade de o beneficiário ir até a agência, seja por motivo de doença, dificuldade de locomoção ou por morar no exterior, o procedimento poderá ser realizado por um procurador devidamente cadastrado no INSS ou um representante legal. Neste caso, o procurador deverá comparecer a uma agência da Previdência Social, com uma procuração registrada em cartório e apresentar o atestado médico que comprove a impossibilidade de locomoção do beneficiário, além dos documentos de identificação do representante.


Fonte: VG Notícias

Visite o website: wwww.vgnoticias.com.br