Justiça arquiva denúncia contra eleitor de MT que postou foto votando em Bolsonaro

Lucione Nazareth/ VG Notícias

Agência Brasil

Bolsonaro

 

O juiz da 21ª Zona Eleitoral, Cristiano dos Santos Fialho, mandou arquivar uma Notícia Crime instaurada contra L.C.E.S, por ele ter postado na rede social, Facebook, suposta foto da urna eletrônica votando no presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), no segundo turno das eleições de 2018.

Consta dos autos, que o morador de Lucas do Rio Verde (a 360 km de Cuiabá), teria publicado fotografia da urna eletrônica no Facebook, na qual consta o nome, número e imagem do então candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro e seu vice General Mourão (PRTB), configurando, em tese, o crime de violação do sigilo do voto, tipificado no artigo 312º do Código Eleitoral.

No entanto, em decisão proferida pelo juiz Cristiano dos Santos, na última sexta-feira (08.02), foi apurado que L.C.E.S, apesar de morar em Mato Grosso é eleitor do município de Jaboatão, Pernambuco, inclusive tendo registrado ausência às urnas eletrônicas nas eleições do ano passado, conforme constatado pelo ASE (Atualização da Situação do Eleitor).

“Segue, demonstrando a impossibilidade de ser o noticiado o autor da prática de violação do sigilo do voto”, diz trecho extraído da decisão do magistrado ao arquivar a denúncia.


Fonte: VG Notícias

Visite o website: wwww.vgnoticias.com.br