Marcos Härter leva para Sorriso/MT projeto que realiza cirurgias de orelhas em abano a preço acessível

Assessoria

Divulgação

orelha

 

O Brasil tem entre 2% e 5% de pessoas com orelhas em abano, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP. O número pode parecer pequeno, se comparado a outras cirurgias corretoras, mas se torna extremamente relevante diante de uma questão que coloca em risco a autoestima de crianças e adolescentes, principalmente: o bullying. Este é dos principais motivos da busca pela cirurgia corretiva das orelhas, a Otoplastia.

O bullying, hoje, é uma das importantes causas da recusa a ida para a escola. E isso pode gerar consequências negativas na vida profissional quando a criança que sofre os ataques e humilhações torna-se adulta.

A motivação do Projeto Orelhinha - criado há oito anos pelo Dr. Marcelo Assis -, que viabiliza cirurgias de orelha em abano a preço acessível pelo Brasil, é a luta contra o bullying. Esta também é uma bandeira do cirurgião plástico Dr. Marcos Härter, que abraçou a iniciativa. Ele viu no trabalho uma oportunidade de contribuir com a sociedade mato-grossense, ajudando os pacientes, por meio do seu ofício, a recuperar a autoestima e devolvendo-os ao convívio social.

A Clínica que leva o nome do médico, localizada na cidade de Sorriso, no Mato Grosso, é a primeira e única no estado a se engajar na causa, tornando-se assim referência em toda a Região Centro-Oeste neste tipo de cirurgia.

Desde que o projeto chegou à Clínica Marcos Härter, em meados deste ano de 2018, centenas de pessoas já foram operadas e tiveram suas vidas transformadas.

Em Sorriso, a próxima palestra de orientações e triagem para interessados no procedimento ocorrerá no dia 6 de dezembro, quinta-feira, às 11h, no auditório do Hotel Darroá. As inscrições devem ser realizadas no site do projeto (https://www.projetoorelhinha.com.br/).

O Projeto Orelhinha foi apresentado durante o ISAPS 2018, congresso realizado, em Miami, de 31 de outubro a 4 de novembro, pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética.

Otoplastia - A Otoplastia é uma cirurgia que busca tratar questões estéticas nas orelhas. Ela pode ser indicada para corrigir orelhas em abano (proeminentes), malformações de nascença ou imperfeições causadas por algum trauma.

A cirurgia - A otoplastia é um procedimento simples, geralmente realizado com anestesia local e sedação. É feito um corte na parte de trás da orelha, para que a cartilagem possa ser descolada da pele, permitindo que o cirurgião faça as correções necessárias.

Pós-operatório - Normalmente a cirurgia é concluída em cerca de uma hora e o paciente vai para casa no mesmo dia. A recuperação também costuma ser tranquila. Quando o procedimento for feito para corrigir orelhas em abano, o paciente deve usar uma faixa de compressão durante cerca de um mês. Dificilmente quem passa pela cirurgia tem dor, mas pode ocorrer algum incômodo.

Projeto Nariz Sem Bullying - O Dr. Marcos Härter é especialista em Rinoplastia – cirurgia de nariz. Antes de integrar o Projeto Orelhinha, idealizou e fundou, em 2016, o Projeto Nariz Sem Bullying. O objetivo desta iniciativa é beneficiar pacientes de baixo poder econômico e que, assim como no caso das orelhas em abano, sejam vítimas do bullying relacionado às alterações inestéticas do nariz.

Neste caso, os pacientes incomodados com a sua estética nasal poderão se tornar candidatos ao procedimento a um custo acessível. Para tanto, é preciso preencher um formulário de inscrição contido no Aplicativo Marcos Harter (disponível na Google Play – neste link : https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.i9desenvolvimento.marcosharter), além de enviar fotos (frente e perfil) do nariz e comprovar renda. Mensalmente, o Dr. Marcos e equipe realizam uma cirurgia do projeto.

Segundo Marcos Härter, cirurgiões plásticos, em geral, aprendem no SUS e depois atendem apenas pacientes particulares. Mas ele acredita “que é injusto quando o trabalho é direcionado apenas àqueles que podem pagar, quando a contribuição para a construção deste médico partiu de todos”.

Sobre o Projeto Orelhinha - É um projeto criado em 2010, com iniciativa social que viabiliza cirurgias de orelha em abano, chamadas de Otoplastia. Ele atua desde o Ceará até o Rio Grande do Sul, simultaneamente em 16 cidades no Brasil, em 15 hospitais parceiros (nos estados: Bahia, Brasília, Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso (em Sorriso, na Clínica Marcos Härter), Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo), com 42 pessoas na equipe médica, entre eles cirurgiões plásticos, anestesistas e equipe administrativa.

Para mais informações, acesse: https://www.projetoorelhinha.com.br/

Sobre o Projeto Nariz Sem Bullying - O Projeto Nariz Sem Bullying foi desenvolvido e fundado, em 2016, pelo Dr. Marcos Härter com o objetivo de beneficiar pacientes de baixo poder aquisitivo e que sejam vítimas do bullying relacionado às alterações inestéticas do nariz. Os interessados em se candidatar ao procedimento de Rinoplastia (cirurgia de nariz) precisam baixar o APP Marcos Härter (disponível na Google Play – neste link :https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.i9desenvolvimento.marcosharter). Em seguida, devem preencher um formulário de inscrição e enviar fotos (frente e perfil) do nariz e enviar comprovante de renda.

Para mais informações, acesse:
Acesse: http://marcosharter.com.br/nariz.html

Sobre o Dr. Marcos Harter - O Dr. Marcos Härter é cirurgião plástico formado pela Universidade Luterana do Brasil. Cirurgião Plástico pela Clínica Fluminense de Cirurgia Plástica em Niterói, Rio de Janeiro. Ex-Aluno do Prof. Ronaldo Pontes, regente do Serviço de Cirurgia Plástica da Clínica Fluminense, clínica reconhecida mundialmente pela dedicação à cirurgia plástica estética. Especializou-se em Rinoplastia nos Estados Unidos. Participou, recentemente, do ISAPS 2018, congresso sobre cirurgia plástica, realizado em Miami, de 31 de outubro a 4 de novembro, pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética. Atualmente, o Dr. Marcos Härter aplica os conceitos modernos da cirurgia plástica estética em consultas e cirurgias realizadas em Sorriso/MT (além de Sinop, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Cuiabá), São Paulo/SP e Curitiba/PR.


Fonte: VG Notícias

Visite o website: wwww.vgnoticias.com.br