Várzea Grande - MT, Terça-feira, 30 de setembro de 2014

Em MT, táxi capota, bate em ônibus e índia grávida morre

Publicado em: 16/09/2012 às 08:00

Tamanho da Letra A A A
Foto:Reprodução
Clique na imagem para ampliar

India morre entre acidente de carro e ônibus

Um táxi e um ônibus bateram de frente durante a tarde de sexta-feira (14.09), em Mato Grosso, causando a morte de uma índia da etnia Kayabi, 35 anos, que estava grávida. A filha da índia, de dois anos de idade, e o motorista do táxi sofreram ferimentos.

O acidente aconteceu por volta das 16h35, na rodovia MT-320, a dois quilômetros do Distrito Del Rey, pertencente à cidade de Carlinda, a 724 km de Cuiabá.

Segundo a Polícia Militar de Carlinda, a índia Aldemira Kayabi, que estava grávida de seis meses, levava sua filha, em um táxi, para a região de Alta Floresta. Durante o percurso, o motorista do táxi, que partiu do município de Colíder, fez uma ultrapassagem, mudando de faixa na rodovia. Ao tentar voltar para a faixa em que estava, o táxi colidiu com a traseira de um caminhão que trafegava com o pneu murcho. O táxi capotou na via e atingiu um ônibus que percorria a pista no sentido contrário.

A índia morreu no local. Sua filha e o motorista do táxi foram encaminhados para o Hospital Municipal de Carlinda e foram transferidos para o Hospital Regional de Alta Floresta. Ainda de acordo com a polícia militar, o estado de saúde da garota é grave. O taxista passa bem.

A perícia foi encaminhada para o local e investiga as possíveis medidas tomadas após o acidente. O corpo da indígena será encaminhado para a aldeira Cururuzim, onde ela morava.

Estadão

Comentários (0)

* limite de 550 caracteres

O VG Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

notícias relacionadas